Sem alterações

Treinamento equipe Incetec

Equipe gestora da Incubadora de Empresas participa de treinamento visando melhoria de resultados

Dentro Materia Treinamento Incetec 29 06 18O coordenador da Incubadora de Empresas do Campus Inconfidentes, professor Mark Pereira dos Anjos e a gerente da Incetec, administradora Sissi Karoline Bueno da Silva participaram do treinamento Cerne promovido pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC) e a Rede Mineira de Inovação (RMI) em parceria com o SEBRAE, que reuniu as Incubadoras e Parques Tecnológicos de Minas Gerais na cidade de Alfenas, entre os dias 25 e 29 de junho.

Cerne

O Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne) é uma plataforma que visa promover a melhoria expressiva nos resultados das incubadoras de diferentes setores de atuação. O objetivo do Cerne é oferecer uma plataforma de soluções, de forma a ampliar a capacidade da incubadora em gerar, sistematicamente, empreendimentos inovadores bem-sucedidos. Dessa forma, cria-se uma base de referência para que as incubadoras de diferentes áreas e portes possam reduzir o nível de variabilidade na obtenção de sucesso das empresas apoiadas.

Avaliação

“O evento foi um divisor de águas em matéria de sistematização de procedimentos para otimizar e consolidar a cultura do empreendedorismo e inovação em Minas Gerais”, disse o professor Mark Pereira dos Anjos. “Foi ainda um momento extremamente oportuno para rever nossas práticas e fortalecer as parcerias com outras Incubadoras e Parques do estado de Minas”, completou.

Ações planejadas

O coordenador da Incetec contou que a equipe voltou ainda mais motivada em fortalecer a cultura empreendedora e inovadora no Campus Inconfidentes e apresentou algumas das ações planejadas: diversificar as formas de sensibilização e prospecção da comunidade acadêmica do Campus Inconfidentes para o empreendedorismo e inovação; fortalecer o desenvolvimento dos empreendimentos já incubados na Incetec; estimular a inovação no próprio ambiente da Incubadora;
possibilidade de instalação de placas solares nas duas casas da Incetec; readequar alguns procedimentos de avaliação de resultados internos (da própria Incubadora) e externos (viabilidade de empreendimentos); realizar o levantamento de custos da Incubadora com o objetivo de apresentar aos empreendedores a mensuração da cobrança da taxa administrativa; estudar, junto com a PPPI, alternativa sustentável para fomentar ações de empreendedorismo e inovação junto aos outros campi através de um modelo de incubadora virtual.

“Seria muito interessante, em um momento oportuno e adequado, nos reunirmos com a PPPI para traçar estratégias conjuntas nesse sentido, além de construirmos conjuntamente uma agenda sobre a temática para o ano de 2019”, disse Mark, que destacou o apoio e incentivo da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação na inserção da Incetec nos ambientes de inovação de Minas Gerais.

Reportagem: Roberto Mendonça Maranho
Com informações do professor Mark Pereira dos Anjos
Publicado em 04/07/2018
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.